PREFEITURA MUNICIPAL DE RIO CLARO • FUNDAÇÃO MUNICIPAL DE SAÚDE

    "Combate à Dengue!"    



        CLIQUE AQUI

LEGISLAÇÃO

Eliminar os criadouros dos mosquitos é LEI, LEGISLAÇÃO é RIGOROSA.


Rio Claro implantou o Programa e Comitê Municipal de Combate e Prevenção à Dengue, Chikungunya e Zika Vírus, que irá intensificar as estratégias de enfrentamento da dengue.
A lei foi aprovada pela Câmara Municipal e prevê, também, penalização e multa para quem tiver criadouro do mosquito transmissor em sua casa. Essa é uma das medidas de prevenção que a Prefeitura vem adotando para evitar uma nova epidemia.
A lei determina que toda pessoa, bem como toda empresa e demais instituições, devem praticar o cuidado sanitário que se resume a quatro itens:
I - A limpeza periódica do imóvel, com a capinação e a remoção de entulhos, bens inservíveis e lixos;
II - A drenagem de poças d’água de qualquer origem, de modo a evitar ambiente propício à reprodução dos mosquitos transmissores das doenças ou à proliferação de qualquer outro vetor. (Os mosquitos põem na água seus ovos que se desenvolvem em larvas e pupas - ciclo do mosquito);
III - A limpeza periódica de caixas d’água e de outros locais propícios para a proliferação dos ovos, larvas ou das pupas;
IV - A limpeza periódica e drenagem para manter desobstruídas lajes, calhas, bem como eventuais desníveis que possam propiciar acúmulo de água e a consequente instalação de criadouros.
A não realização desses cuidados sanitários pode gerar multas que variam de 100 (cem) a 10.000 (dez mil) unidades fiscais do município de Rio Claro (UFMRC’s). Cada UFMRC vale atualmente (Dezembro/2015) R$ 2,6757. Isso significa que o valor das multas pode variar de R$ 267,57 a R$ 26.757,00. Inicialmente, o infrator é autuado e poderá realizar os cuidados sanitários determinados. No caso do infrator não realizar as ações exigidas, será multado e, se não pagar a multa, o valor é inscrito em dívida ativa do município. Por isso, realize periodicamente os cuidados sanitários descritos para que não seja autuado e nem multado.


* Lei nº 4.909 dispõe sobre a instituição e implementação do Programa Municipal de Prevenção e Combate à Dengue, Chikungunya e Zika vírus, bem como outras doenças transmitidas pelos mosquitos vetores, institui penalidades e obrigações aos munícipes, pessoas físicas e jurídicas, cria o Comitê Municipal de Antropozoonoses (Dengue, Chikungunya ou Zika Vírus e outras doenças relacionadas) e dá outras providências.

Download da Lei nº 4.909 )









        CLIQUE AQUI

Dengue

DEFINIÇÃO BÁSICA: dengue é uma doença febril aguda, de etiologia viral e de evolução benigna, na maioria dos casos. É a virose urbana mais difundida no mundo. É uma doença de áreas tropicais e subtropicais, onde as condições do meio ambiente favorecem o desenvolvimento do mosquito Aedes aegypti.


MODO DE TRANSMISSÃO: a transmissão se faz através da picada do mosquito fêmea Aedes aegypti ou do Aedes albopictus infectado. Uma vez infectado, o homem demora de 4 a 10 dias para apresentar os sintomas do dengue.


VIRUS DA DENGUE O vírus da dengue se divide em quatro tipos, denominados Den-1, Den-2, Den-3 e Den-4. Todos podem causar tanto a forma clássica da doença quanto a dengue hemorrágica. Contudo, o Den-3 parece ser o tipo mais virulento, isto é, o que causa formas mais graves da moléstia, seguido pelo Den-2, Den-4 e Den-1. Já o tipo 1 é o mais explosivo dos quatro, ou seja, causa grandes epidemias em curto prazo e alcança milhares de pessoas rapidamente. Recentemente, anunciou-se a descoberta de um novo tipo de vírus da dengue - o Den-5. O vírus foi isolado de uma amostra de um caso grave de dengue (classificada incialmente como Denv-4), coletada durante um surto em Sarawak, Malásia, em 2007. Acredita-se que o vírus esteja circulando entre macacos das florestas de Bornéu.O vírus Dengue (ou DENV) pertence à família Flaviviridae, uma família de vírus que inclui o vírus da febre amarela, o vírus da encefalite japonesa, o vírus da Febre do Nilo Ocidental (FNO) e o vírus da encefalite do carrapato TBE). É classificado como um arbovírus, isto é, aquele que é transmitido por insetos ou outros artrópodes. O DENV é composto por uma fita única de ácido ribonucléico (RNA) de polaridade positiva, revestida por um envelope de proteína em formato icosaédrico. Esta fita de RNA contém o código para uma única proteína, bem longa, que depois da tradução vai ser cortada em  proteínas que vão fazer parte da estrutura do vírus e outras que estão envolvidas na replicação, na secreção e no empacotamento do vírus.


Cartilha sobre a Dengue

Cartilha e vídeos explicativa sobre a Dengue. ( Download )



Vetores da Doença





        CLIQUE AQUI

Chikungunya

Febre Chikungunya é uma doença parecida com a dengue, causada pelo vírus CHIKV, da família Togaviridae. Seu modo de transmissão é pela picada do mosquito Aedes aegypti infectado e, menos comumente, pelo mosquito Aedes albopictus.



Maiores informações, acesse:

http://portalsaude.saude.gov.br/index.php/links-de-interesse/1073-chikungunya/14718-sinais-e-sintomas


        CLIQUE AQUI

ZIKA

SINTOMAS DE INFECÇÃO PELO VÍRUS ZIKA
Estima-se que apenas 20% das pessoas infectadas com o vírus Zika ficarão doentes, sendo a infecção assintomática mais frequente.
Sintomas padrão: febre baixa (menos do que 38,5 graus) ou sem febre, durando cerca de 1 a 2 dias, acompanha de manchas vermelhas e coceiras no 1º ou 2º dia, dor muscular leve, dor nas articulações de intensidade leve a moderada, frequente observação de edema nas articulações de intensidade leve, prurido e conjuntivite não purulenta em grande parte dos casos. Formas graves e atípicas são raras.
O desaparecimento dos sintomas ocorre em geral entre 3 e 7 dias após seu início. Em alguns pacientes a dor nas articulações pode persistir por cerca de um mês.





Maiores informações, acesse:

http://portalsaude.saude.gov.br/index.php/o-ministerio/principal/secretarias/job/webradio/21638-servico-ministerio-da-saude-lanca-cartilha-com-informacoes-sobre-o-virus-zika

Algumas diferenças e semelhanças entre a Dengue e a Chikungunya

DENGUE: Doença, dentre as três é a mais conhecida e presente no Brasil.
TRANSMISSÃO: O vírus da Dengue é transmitido pela picada do mosquito Aedes Aegypti.
SINTOMAS: Febre alta (geralmente dura de 2 a 7 dias), dor de cabeça, dores no corpo e articulações, prostração, fraqueza, dor atrás dos olhos, erupção e coceira na pelo. Nos casos graves o doente também pode ter sangramento (nariz e gengiva), dor abdominal, vômitos persistentes, sonolência, irritabilidade, hipotensão e tontura. Em casos extremos a dengue pode matar.
TRATAMENTO: A pessoa com sintomas da dengue deve procurar atendimento médico. As recomendações são de ficar de repouso e ingerir bastante líquido. Não existe remédios contra a dengue.
Caso apareçam os sintomas da versão mais grave da doença é importante procurar o médico novamente.

CHIKUNGUNYA: Os primeiros casos “nativos” da doença no Brasil aparecem em setembro do ano passado em Oiapoque no Amapá. O nome Chikungunya significa “aqueles que se dobram” uma referência à postura dos doentes que andam curvados por sentirem dores fortes nas articulações.
TRANSMISSÃO: É transmitida pelo mosquito Aedes Aegypti presente nas áreas urbanas e Aedes Albopictus nas áreas rurais.
SINTOMAS: O principal sintoma é a dor nas articulações de pés e mãos que é mais intensa do que nos quadros de dengue, febre repentina acima de 39 graus, dor de cabeça, dor nos músculos e manchas vermelhadas na pele. Cerca de 30% dos casos não chegam a desenvolver sintomas. Mortes raras.
TRATAMENTO: Como no caso da dengue não há tratamento específico. É preciso ficar de repouso e consumir bastante líquido. Não é recomendados tomar ácido acetil salicílico AAS, devido ao risco de hemorragia.

ZIKA VÍRUS: A doença pode ter sido detectada na Bahia, mas ainda não esta confirmada. A suspeita é de que ela tenha sido trazida para o Brasil durante a Copa do Mundo. TRANSMISSÃO: Pela picada do mosquito Aedes Aegypti, Aedes Albopictus e outros tipos de Aedes.
SINTOMAS: O vírus não é tão forte quanto o da Dengue ou da Chikungunya e os pacientes apresentam um quadro alérgico. Os sintomas porém são parecidos com os dessas doenças: febre, dores e manchas no corpo. Quem é infectado pelo Zika também pode apresentar diarreia e sinais de conjuntivite.
TRATAMENTO: Assim como nas outras doenças, o tratamento consiste em repouso, ingestão de bastante líquidos e remédios que aliviem os sintomas exceto ácido acetil salicílico AAS.

PREVENÇÃO VALE PARA TODOS
A melhor maneira de previnir essas doenças é evitar criadouros dos mosquitos. Sendo assim não devemos nos esquecer de limpar e tampar caixas d’agua, verificar as calhas, evitar água em vasos de plantas bem como as bromélias, cobrir quaquer recipiente que acumule água. O imóvel deve ser inspecionado frequentemente.


Sinais e Sintoma



Vetores

Entenda a diferença entre os vetores

http://www.saude-rioclaro.org.br/dengue/Aedes%20aegypti%20e%20aedes%20albopictus.htm

Downloads

Aplicativos, cartilha e adesivo
Vídeos explicativos


Arquivos para Download

Aplicativo para celular. ( Download )

Cartilha sobre a dengue. ( Download )

Adesivo. ( Download )

     
  Copyright (c) 2016 Prefeitura Municipal de Rio Claro
Departamento de Tecnologia da Informação
Todos os direitos reservados.